domingo, 2 de novembro de 2008

Amanheceu


Amanheceu trazendo este amor esta paixão
Confundindo-me, tirando-me a razão
frio...Por um fio não enlouqueço
Cultivando dores em meu coração

Noites embriagantes no começo
Realidade destruindo meus sonhos
cio...Sem teu corpo não me reconheço
Solidão tomando conta do meu ser

Dias buscando te encontrar
Muros me separam de você
Rio...querendo não chorar
Minto no afã de me enganar

Anos te amando sem querer
Séculos tentando te esquecer
fio...uma teia para te prender
Não vou mais te soltar

Inquietudes saudades de você
Lágrimas teimam em rolar
Crio...fantasias para camuflar
A dor que é te amar!

CON

7 comentários:

Carmen Augusta disse...

Con, minha afilhada,
que lindo!
Andas inspirada mesmo, heim?
Parabéns!
Um beijo,
Carmen Augusta

Mazé Silva disse...

Minha amiga Con!

Está cada dia mais romântica!
Suas poesias, já estão ficando famosas!E o blog também!

Parabéns pelo seu poder de criatividade de expressar seus sentimentos, dessa forma tão bonita!

A paisagem está linda demais! Magnífica!!!

Beijos da amiga!

Mazé Silva

Armindo Guimarães disse...

Ena, pá!

Tanto amor em forma de poesia, só podia vir da minha afilhada.

Beijos azuis

Armindo Guimarães disse...

Afilhada:

Esqueci-me de dizer que a foto é também ela poética e que a tua pose está sensacional.

Cada vez mais sinto orgulho na minha afilhada!

Beijos azuis

CON disse...

Rsrsrsrsrs...Padrinho voc\~e é demais!!!!
Obrigada madrinha, Mazé, padrinho, vocês são amigos queirdos!!!
Beijos azuis

Marcia Tristao-Bennett disse...

Con;

Gostei muito do seu blog...gostaria de ter mais tempo para escrever em cada um deles, mas fica o meu registro aqui.

Parabens!!!!!!!!

Abracoseduardolageanos e beijos azuis!!!

CON disse...

Obrigada Marcia, que bom que você veio, que bom que você gostou!
Apareça sempre!
Beijos azuis